Início » Desequilíbrio hormonal feminino e a sua relação com a queda de cabelo
Estética & Beleza

Desequilíbrio hormonal feminino e a sua relação com a queda de cabelo

Você tem notado que seu cabelo já não é mais o mesmo? Percebe que está com o cabelo sem vida, fino e quebradiço? Nota que a quantidade de fios no ralo, na pia e na escova tem aumentado consideravelmente? Os problemas capilares podem ter inúmeras causas, dentre elas a hormonal, neste artigo falaremos sobre o desequilíbrio hormonal feminino e a sua relação com a queda de cabelo.

O que são hormônios e como eles agem no organismo feminino?

Os hormônios são como mensageiros do cérebro, pois levam a informação de um órgão produtor (glândula) para outro órgão e tecido do organismo. Portanto, são responsáveis por regular as funções do corpo e quando estão em desequilíbrio podem induzir a diversos problemas de saúde em um efeito cascata.

O corpo possui diversas glândulas que compõem o sistema endócrino, como por exemplo, o pâncreas que produz o hormônio insulina, responsável por aumentar a captação de glicose pelas células, entre outras funções. Neste artigo focaremos nos principais hormônios femininos e como eles atuam no organismo.

Quais são os principais hormônios femininos?

Progesterona: produzido nos ovários, é um dos principais hormônios sexuais femininos. Está principalmente envolvida no ciclo menstrual, no preparo do endométrio para receber um óvulo e também com a produção de leite.

Estrógeno: também conhecido como estrogênio, é o principal hormônio feminino, é ele quem promove o desenvolvimento das características sexuais da mulher, responsável por desenvolver características como crescimento das mamas e pelos pubianos, atuando até mesmo no brilho do cabelo, na textura da pele e no timbre da voz.

FSH (hormônio folículo estimulante): é produzido pela hipófise e estimula o funcionamento dos ovários nas mulheres.

LH (hormônio luteinizante):  muito importante no processo de reprodução, está presente durante o ciclo menstrual e promove o rompimento de folículos.

Testosterona: normalmente é associada ao sexo masculino, no entanto, também é responsável por uma série de funções no organismo feminino. Ajuda na disposição, tem efeito cardioprotetor, ajuda na manutenção da libido, entre outros.

Melatonina: conhecido como o hormônio do sono, já que regula o ciclo de sono-vigília, também está presente no ciclo hormonal e da ovulação.

Cortisol: produzido por glândulas suprarrenais, acima dos rins, entre suas funções está o controle de estresse, redução de inflamações, manutenção do sistema imune e demais atividades.

Esses são apenas alguns exemplos de hormônios presentes no corpo feminino, existem inúmeros outros que em conjunto mantém a homeostase do organismo.

Distúrbios hormonais que podem acarretar a queda de cabelo

Listamos os principais distúrbios hormonais muito comuns que podem ter como consequência a perda de cabelo em excesso.

Hipertireoidismo e hipotiroidismo: as duas disfunções hormonais na glândula tireoide podem acarretar severa queda de cabelo, já que a tireoide está intimamente relacionada no correto metabolismo do organismo.

Síndrome dos ovários policísticos (SOP): na SOP há o aumento da produção de testosterona, que em elevados níveis em mulheres predispostas pode ocasionar o surgimento da calvície.

Níveis inadequados de progesterona e estrógeno: as causas mais comuns de queda de cabelo feminino são relacionadas a variação desses dois hormônios. Há grande variação destes hormônios na adolescência, no período pós-parto, durante a amamentação e na menopausa.

Elevação no nível de testosterona: o aumento deste andrógeno tanto em homens quanto em mulheres pode desencadear ou piorar casos de alopecia androgenética, e é o mesmo mecanismo de queda e calvície provocado por substâncias como anabolizantes e suplementos para musculação.

Aumento de Cortisol: em situações de estresse os níveis desse hormônio costumam aumentar e por consequência há a queda de cabelo.

Quais os tratamentos mais indicados para queda de cabelo?

Pudemos observar o desequilíbrio hormonal feminino e a sua relação com a queda de cabelo. Quando a sua queda de cabelo é de origem hormonal, o mais importante é tratar a causa do desequilíbrio com um endocrinologista. Porém, os tratamentos para a queda de cabelo podem auxiliar na recuperação mais rápida dos seus fios. Veja a seguir alguns métodos utilizados.

Produtos Tópicos

O tratamento mais comum encontrado para a queda de cabelo é o uso de produtos tópicos, como shampoos e tônicos antiqueda.

Os shampoos antiqueda criam um ambiente saudável para o crescimento do cabelo. Já os tônicos antiqueda, possuem concentrações maiores dos principais agentes fortalecedores dos fios. Devido a essa maior concentração e, por permanecerem mais tempo em contato com o couro cabeludo, são melhor absorvidos e por isso, sua ação é potencializada.

LEDterapia

Outro tratamento não cirúrgico e aprovado pela ANVISA para queda de cabelo é a LEDterapia. Essa terapia funciona melhor para queda de cabelo feminino por alopecia androgenética e eflúvio telógeno.

A LEDterapia estimula o crescimento das células do folículo capilar no couro cabeludo e aumenta a atividade celular ao redor do folículo, diminuindo a inflamação para que os fios de cabelo existentes possam crescer mais grossos e fortes.

Minoxidil

Minoxidil é um dos produtos mais conhecidos no mercado para combater a queda de cabelo. O produto provoca vasodilatação dos capilares, o que favorece o fluxo sanguíneo no folículo piloso, que ao receber mais sangue, fica mais forte.

No entanto, esse tratamento não é eficaz para todas as mulheres e é preciso continuar usando o Minoxidil para manter seu efeito – assim que você interromper o tratamento, o couro cabeludo retornará ao seu estado anterior de queda de cabelo.

Fonte: Capellux

About the author

Avatar

ESTETICASHOP

Add Comment

Click here to post a comment

DESTAQUE NO GUIA DE EMPRESAS

Blogueiras

Stephanie Braga

Stephanie Braga

Cirurgiã Dentista especialista estética facial
Proprietária Instituto Onze

Quezia Pio

Quezia Pio

Esteticista especializada em Ozonioterapia

Lorraine

Lorraine

Esteticista e Biomédica | Mentora da estética e beleza
🚀 Estrategista Digital

abril 2024
S T Q Q S S D
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930